Tid  en dag 7 timmar 39 minuter

Koordinater 713

Uploaded den 23 augusti 2018

Recorded oktober 2013

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1 554 m
1 289 m
0
4,2
8,4
16,76 km

Visad 586 gånger, ladda ned 43 gånger

i närheten av Sítio Lucidororio de O. Lima, Paraná (Brazil)

Percurso em forma de circuito que leva à Pedra da Divisa, no extremo norte da Serra do Quiriri (SC), divisa de estado com o Paraná, partindo do planalto, da Mangueira do Lageano, na estrada que dá acesso à Fazenda Alto Quiriri (exige autorização prévia de passagem). O acesso até o ponto de início da caminhada exige o uso de veículo alto e 4x4 pois as condições da estrada na subida da serra, após o Rio Negro estão precárias.

Trip realizada em outubro/2013 com a equipe principal da AMC - Associação Montanhistas de Cristo (em dois dias, com pernoite) e um destacamento do NNM - Nas Nuvens Montanhismo, que percorreu praticamente o mesmo trecho de ataque.

Este percurso percorre inicialmente estrada de gado, adentrando a região do Alto Quiriri, em terras particulares, ladeando o Monte Quiriri e depois o Monte Klein, dali infletindo rumo norte, por um dos vales encantados em direção à Pedra da Divisa.

É possível tanto fazer este trajeto "de ataque", indo e voltando no mesmo dia, sem pernoite, como acampando próximo do Morro Queimado e da Pedra da Divisa.

Na região há várias opções de locais para acampamento além daquele que escolhemos. Pede-se aos que trilharem pela região que preservem as matas e pontos de água, observando as regras de mínimo impacto (explanadas adiante).

CARACTERÍSTICAS:
A região toda é de especial beleza e singularidade. São algumas das porções de campos rupestres mais expressivas do Brasil e de extrema importância sob o aspecto ambiental. Além disso é uma região com grande número de nascentes que depois alimentaram sucessivos rios da região, abastecendo várias grandes cidades da área, como Garuva, Joinville e outras.

DIFICULDADE:
Na região do Alto Quiriri impera uma espécie de microclima, muito peculiar. Pode-se caminhar horas a fio no sol, com céu azul e, de um momento a outro, de repente, tudo ficar encoberto por um nevoeiro denso, chamado na região de "tapume" (os gaúchos chamam de "viração" o fenômeno parecido que ocorre nas encostas da Serra Geral). Isso pode comprometer a navegação visual, pois com nevoeiro denso praticamente não se encherga nada e as trilhas, sob cerração, ficam todas iguais, levando o caminhante a se perder.

A altimetria dos percursos pelo Alto Quiriri não é elevada, mas as caminhadas pelos campos e capim fofo, em constante sobe e desce pode ser bastante cansativa e exige bastante das pernas, não subestime a dificuldade física! Todavia, fisicamente não é de dificuldade elevada. Necessário andar atento e com cuidado ao pisar (especialmente com buracos sob as toiceiras de capim) para evitar entorses de tornozelo, suscetíveis naquele tipo de terreno.

Água é um item que pode ser encontrado em muitos locais, a área é rica em nascentes de rios com água potável (na grande maioria dos casos). Basta procurar em pequenos vales, onde a mata é mais espessa e verde mais escura. Recomenda-se o tratamento com Clorin para consumo, pois essa área é repleta de gado criado de forma extensiva.

Considerando-se os fatores descritos, bem como os critérios estabelecidos pelo método MIDE, considero para este percurso que o nível de dificuldade para esta caminhada é MODERADO. O tempo de percurso registrado pelo GPS (de mais de um dia, como consta nas estatísticas da trilha aqui no Wikiloc), não corresponde à realidade de duração da caminhada aqui retratada, pois inclui bastante tempo parado e acampamento. De uma forma geral este percurso pode ser feito em cerca de 9 horas totais (ida e volta) sem paradas longas e explorações.

SEGURANÇA E PRESERVAÇÃO - RECOMENDAÇÕES GERAIS:
Não arisque a sorte. Se não conhece a região, não se aventure sem companhia de quem conheça a área.

- Recomenda-se SEMPRE usar calçado adequado para trilha, como bota de cano médio e ter consigo equipamentos básicos para qualquer caminhada, como lanterna de cabeça e pilhas sobressalentes, proteção contra chuva e frio como um poncho ou anoraque e comida e água suficientes para se manter pelo menos durante um dia inteiro de jornada.

Ao trilhar pela região você também se torna responsável por ela. Lembre-se:
- Você é o principal responsável por sua saúde e segurança. Preste atenção onde pisa, onde senta e onde se segura. Cobras, aranhas e outros insetos potencialmente perigosos são encontrados com frequência na região e constituem riscos reais em qualquer área selvagem, especialmente nas estações de primavera e verão.
- TRAGA TODO o seu lixo de volta consigo;
- NÃO FAÇA FOGUEIRAS - toda a área é de preservação ambiental e é muito sensível a incêndios florestais, especialmente no inverno, quando tudo fica muito mais seco. EVITE ao máximo FUMAR na área e, se o fizer, não descarte suas bitucas no caminho - apague-as com água e traga junto com o seu lixo;
- Necessidades fisiológicas devem ser feitas longe de cursos d'água (pelo menos a 50m de distância). Dejetos sólidos devem ser enterrados e o papel higiênico trazido de volta com você;
- NÃO POLUA A ÁGUA das nascentes existentes na região: em seus eventuais banhos de rio, não use sabonetes e outros cosméticos e observe antes a remoção total dos resíduos de filtro solar, cremes e/ou repelentes aplicados sobre a pele. LAVE-SE ANTES, FORA E LONGE DO RIO com uma garrafa para remover estes resíduos, sem lançar esta água usada diretamente no rio novamente. Estes produtos são altamente contaminantes e aquelas são águas que você mesmo e outros usarão para beber adiante. NÃO LAVE PANELAS ou mesmo descarte restos de comida nos riachos;
- NÃO DESMATE, não abra novas trilhas, não colha plantas ou mesmo flores;
- NÃO faça marcas nas rochas, NÃO coloque fitas ou sinalize partes da trilha, isso só deve ser feito por pessoas qualificadas e dentro de um plano de manejo. Também NÃO danifique a sinalização que porventura encontrar;
- FAÇA SILÊNCIO e desfrute da natureza como ela é, inclusive seus sons característicos;

Agindo desta forma você não coloca em risco outras pessoas, como seus próprios companheiros de caminhada ou ainda terceiros que poderiam ser acionados para um resgate, além de contribuir para a preservação do local e da região como um todo, mantendo-os interessantes aos que por ali irão passar depois de você. RESPEITE!
"A natureza também pertence aos que ainda estão por vir"

Boas caminhadas!
Waypoint

Subcume 2

Subcume 2 do Monte Quiriri
stuga

Mangueira Casa Azul

Mangueira da casa azul. Local de passagem e referência.
berg

Monte Klein

Monte Klein (1513m)
Waypoint

Pequena Cachoeira

Cachoeira Pequena no Rio Quiriri do Paraná
vatten

Riacho

Riozinho, afluente do Rio Quiriri do Paraná
tältplats

Área AC

Área de Acampamento
vatten

Riacho

Waypoint

Passagem na mata (sul)

Passagem de mato Sul, acesso à encosta da Pedra da Divisa
Waypoint

Passagem na mata (Norte)

Passagem de mato Norte, acesso à encosta da Pedra da Divisa
Waypoint

Marco Geodésico

Marco Geodésico na Pedra da Divisa
berg

Topo da Pedra da Divisa

Cume Pedra da Divisa (1453m)
Waypoint

Pedra Precipício

Pedra Precipício, vista para o Oeste, vale do Rio Quiriri e campos do Marco da Divisa
berg

Monte Queimado

Monte Queimado
berg

Monte Quiriri

Monte Quiriri (1555m)
parkering

Mangueira do Lageano

Mangueira do Lageano, ponto de início da caminhada Geralmente fechada, estacionar na estrada.
Waypoint

Subcume 1

Subcume 1 do Monte Quiriri

3 kommentarer

  • Rat_1969 2019-jan-19

    Já fez até o Raulino ou até a Pedra da Tartaruga saindo ali da mangueira?

  • Bild av gvogetta

    gvogetta 2019-feb-07

    Olá Rat!
    Sim, já percorremos este trecho algumas vezes, dentre outros. A mangueira é um bom ponto de entrada nos campos do alto Quiriri, seja para ir até o Monte Quiriri, a Pedra da Tartaruga, o Monte Pe. Raulino, Pedra da Divisa, Bradador e outros por ali.
    Bons ventos!

  • Bild av Leonardo Franceschi

    Leonardo Franceschi 2019-maj-10

    Ola Getúlio! O acesso ao marco da divisa pelo reflorestamento da Comfloresta é fechado certo? Você já foi por ali? Precisa autorização?
    Abraço.

You can or this trail