Moving time  2 timmar 6 minuter

Tid  5 timmar 43 minuter

Koordinater 1559

Uploaded den 9 augusti 2018

Recorded augusti 2018

-
-
1 501 m
726 m
0
2,4
4,8
9,67 km

Visad 38 gånger, ladda ned 1 gånger

i närheten av Inhotim, Minas Gerais (Brazil)

Trabalho de física
Integrantes:
Mário Augusto- Mec A
Iasmin Simões- Mec A
Beatriz- Mec A
Felipe- Mec A
Tomaz- Mec A
bild

Início da trilha

Integrantes: Mário Augusto Iasmin Simões Beatriz Felipe Tomaz
bild

Galeria Adriana varejão

Aluno ´´responsável``: Iasmin Simões ; A Física moderna, surgiu após no início do século XX e hoje reconhecemos que seu estudo teve um grande marco na humanidade. No século em questão houve diversos estudos relacionados com a Mecânica Quântica e a Teoria da Relatividade, onde conceitos como tempo e espaço foram revisados. Linda do Rosário, é um obra da artista plástica Adriana Varejão que foi exposta em 2004 no museu de Inhotim, em Brumadinho- MG. A inspiração de Adriana para obra foi a queda de um hotel no Rio de Janeiro, onde um casal de amantes não conseguiram fugir da queda. Adriana estava em uma apresentação de seu trabalho no momento mas mesmo assim foi acompanhar o acontecido. Na obra Linda do Rosário Adriana se propõe a mostrar de forma muito intensa o olhar sobre os corpos esmagados pelos tijolos durante o acidente, por isso que o muro está “recheado” de carne humana. Ao meu ver os físicos responsáveis pelo estudo inicial da física moderna se propuseram assim como Adriana Varejão a um estudo mais profundo da natureza, a um olhar mais crítico e curioso sobre os acontecimentos, em um momento onde esse olhar já estava enraizado , por isso seus trabalhos foram tão impactantes para sociedade.
bild

Gui Tuo Bei (Zhang Huan)

Aluno ´´responsável``: Tomaz Drumond ; A obra Gui Tuo Bei, de Zhang Huan é uma tartaruga com rosto humano carregando uma espécie de monumento com escrituras, e nessas escrituras contam uma história sobre um senhor de idade que ajuda um de seus descendentes a mover as montanhas que atrapalhavam o caminho da casa dele. Na verdade essa obra é, segundo a cultura chinesa, uma forma de representar longevidade, resistência e solidez e como podemos ver no breve resumo da história inscrita no monumento as características do mesmo batem com a da escultura. Tambem a obra passsa que o fruto do esforço e da determinação pode realizar qualquer objetivo. Seguindo a ultima ideia retratada na obra, o salto tecnológico para a evolução humana no século passado foi descomunal, como podemos ver as realizações com a  Mecânica Quântica, a Teoria da Relatividade e as alterações no entendimento científico daí decorrentes. Resumidamente a teoria da relatividade é a denominação dada ao conjunto de duas teorias científicas: a Relatividade Restrita (ou Especial) e a Relatividade Geral. A Relatividade Especial é uma teoria publicada no ano de 1905 por Albert Einstein, concluindo estudos precedentes do físico neerlandês Hendrik Lorentz, entre outros. E a mecânica quântica é a teoria física que obtém sucesso no estudo dos sistemas físicos cujas dimensões são próximas ou abaixo da escala atômica, tais como moléculas, átomos, elétrons, prótons e de outras partículas subatômicas, muito embora também possa descrever fenômenos macroscópicos em diversos casos.
bild

Doug Aitken (Sonic Pavilion)

Aluno ´´responsável``: Beatriz Mendes ; O Inhotim é um dos mais importantes acervos da arte contemporânea do Brasil, e nele há muitas obras que podem ser relacionadas com diversos fenômenos históricos. Uma delas é o "Sonic Pavilion" (G10), que nada mais é do que um furo de 200 metros de profundidade, onde possui uma série de microfones, a fim de captar os sons em tempo real. Esse furo está localizado em uma estrutura circular, onde os sons são equalizados. Podemos relacionar esta obra com a Teoria da Relatividade (Restrita: 1905, Geral: 1915) na Física Moderna. Esta teoria de Albert Einstein mudou a forma como a ciência enxergava o mundo, de acordo com o físico Manoel Robilotta; de acordo com esta teoria, o tempo e o espaço são relativos, e o que os define é o ponto de vista de quem está os observando. Semelhantemente, esta obra nos faz pensar sobre a relatividade da situação; o observador, ao ouvir aqueles sons, traduz da sua maneira, de tal modo que, outra pessoa que ouvir, também traduzirá da sua forma. Isso o faz relativo, pois depende do observador. Não é a toa que esta teoria é considerada a mais importante contribuição científica do século XX.
bild

Galeria Cláudia Andújar

Aluno ´´responsável``: Mário Augusto; A galeria de Cláudia Andújar, inaugurado em 2015, mostra por meio da fotografia documental, a vida do grupo indígena chamados Yanomami, na Amazônia. A fotografa inicialmente inspirada por um processo de modernização do mundo, pois acreditava-se que, a fotografia registrava outras culturas e estilos de vida explorados com o início da antropologia. Com o avanço das pesquisas acima da física moderna, mais especificamente com a teoria quântica, ouve um maior conhecimento sobre o comportamento da luz (partícula x onda), Cláudia usa este conhecimento para tirar fotos de rituais da tribo, levando a fotografia como algo que não é só do domínio cientifico, mas também artístico. Toda Galeria da fotografa pode ser comparada a física moderna, a partir do momento que o estilo de suas primeiras fotos foram dentro de um contexto de modernização mundial com o intuito de explorar e registar novas culturas (antropologia), e que ao passar a presenciar esses rituais culturais consegue por meio da manipulação da luz, provar que a fotografia, pode passar sensações.
bild

Viewing Machine (Olafur Eliasson)

Aluno ´´responsável``: Felipe Matheus; A obra Viewing Machine (2002-2008), criada por Olafur Eliasson, é baseada nos princípios do caledoscópio, que gera um ''efeito obtido pelo reflexo da luz em seis espelhos que formam um tubo hexagonal''. Podemos relacionar esse efeito obtido com o efeito fotoelétrico, explicado de maneira satisfatória por Albert Einstein (1879-1955), o qual rendeu um prêmio Nobel de Física ao cientista alemão em 1921. Tal fenômeno foi observado primeiramente por A. E. Becquerel(1820-1891) e confirmado posteriormente por Heinrich Hertz(1857-1894) e definido basicamente como a emissão de elétrons por um material quando exposto a uma radiação eletromagnética. O fenômeno pode ser observado quando a luz (radiação eletromagnética) incide sobre uma placa de metal, arrancando seus elétrons. Os elétrons que são ''ejetados'' são chamados de fotoelétrons. O efeito fotoelétrico é explicado de duas maneiras diferentes, por meio da teoria eletromagnética, que fala que uma alteração na intensidade da luz induziria mudanças na energia cinética dos elétrons emitidos pelo metal, mas, a partir de dados experimentais, foi descartada a hipótese do aumento da energia cinética dos elétrons. E também por meio da explicação de Einstein, o qual propôs que um feixe de luz não é uma onda que se propaga através do espaço, mas sim os fótons, cada um com sua energia. A relação de Planck foi esclarecida a partir dessa explicação, ligando a energia e a frequência como decorrentes da quantização de energia.

Kommentarer

    You can or this trail